slide show Fotos ale

sexta-feira, 28 de Outubro de 2011

Espetáculo "Identidade Frota" por Renata Oxendorff




"Alexandre Frota pelado, ao vivo

Ontem eu vi o Alexandre Frota peladão, e não foi num dos pornôs dele não, foi ao vivo! Calma, calma, que o homem é casado e não “passou o cerol” em mim. Explico.

Fui ver a estreia do stand-up terapêutico do cara, o “Identidade Frota”. E posso dizer que o que realmente me impressionou foi sua coragem: não por divulgar episódios de bastidores e opiniões pessoais agressivas sobre algumas celebridades, mas por se mostrar e, de forma tão honesta, botar a cara à tapa. Isso sim é nudez!

No espetáculo, ele conta de seus tempos áureos na Rede Globo, de sua decadência e de como soube se reconstruir depois de tudo o que destruiu por não ser “blindado” na época de seu auge. Não posso dizer que achei bacana tudo o que ele disse ali. Não gosto, por exemplo, quando um homem expõe uma ex-namorada, mesmo que ela mereça. Também não gosto quando falam mal do prato que comeram. Sei lá, tenho esse lado “é-as-mulheres-obá” em mim, que sempre vai se doer pelas outras.

Tirando isso, achei bonito. O cara é de verdade. Tem uma vida de verdade. Fez merda, limpou, nasceu, brilhou, apagou, ressurgiu e se fortaleceu. E eu adoro gente de verdade, sabe? Gente que renasce, gente que apanha da vida, não tem vergonha disso, e tem força pra brilhar de novo. No começo rola um vídeo com uma retrospectiva, musiquinha do Cranberries, impossível não se emocionar. Nem precisava daquela poesia do Oswaldo Montenegro no final, porque metade de mim gostou, e a outra metade também."

Renata Oxendorff
 
Fonte: Blog da reox.com

Entrevista a Alexandre Frota após "Identidade Frota"



Alexandre Frota é entrevistado após o seu show "Identidade Frota" e fala sobre o seu passado, presente e futuro, um novo homem, com novas expectativas de vida. Confira a entrevista :

De onde veio a ideia do show?

Sempre sou o criticado, o discutido, o julgado. Dessa vez, eu vou julgar, criticar e opinar. Afinal, sou um sobrevivente, né? Fui do luxo ao lixo. Eu vim da pobreza e fui para a riqueza. Eu tive do lado dos mocinhos e dos bandidos. Eu passei por tudo. Tenho muito mais do que 48 anos.

Você diz que foi do ‘luxo ao lixo’. Refere-se à sua criação no Morro do Macaco, no Rio?

Então, eu morava em Vila Isabel, numa casa simples, do lado do morro, que eu sempre subia. Fui criado na rua, apanhando de outros garotos maiores do que eu. Depois, fui para Copacabana e conheci outra galera. Fiquei vivendo entre o asfalto casca grossa e as areias escaldantes, lidando com a separação dos meus pais.

Você sofreu muito?

Sim. Eu tinha só 9 anos. Só hoje que eu vejo como aquilo me deixou mal. A relação que tive com meu filho foi um exemplo disso…

Que relação? O que aconteceu?

Eu não o aceitava, mas agora a gente está se reaproximando. Eu trouxe o Mayã (de 11 anos) para perto de mim e ele está se sentindo amado, como deveria ser. Ele mora com a mãe em Brasília, mas está sempre perto. O Enzo, de 4 anos, filho da Fabiana (sua atual mulher), teve um papel importante nisso. Ele me ajudou a reconquistar o Mayã. Já fui muito sem freio, sabe? A vida foi muito filha da puta comigo, mas eu também fui filho da puta com ela. Mas hoje estou vivendo um momento muito bom de família, de cabeça, de trabalho…

Com esse jeitão estourado, perdeu muitas pessoas?

Perdi muitas, mas conquistei muitas, porque tem aqueles que idolatram, sabe? Tipo, as pessoas não têm coragem de correr ali e dar uma cabeçada no prego, mas eu vou lá e dou, e as pessoas vibram.

Foi assim com o filme pornô com a travesti Bianca Soares?

Pois é. A minha opção sexual sempre foi muito definida, mas conheço muitos homens que gostariam de ter feito filme com ela e, ao contrário, gostariam de ter dado para ela. Mas, enfim, eu não matei ninguém, né? Parece que eu nasci depois do pornô. As pessoas se esquecem que fiz Top Model (1989), Perigosas Peruas (1992)… Mas não me arrependo do pornô. Eu vou carregar isso para o resto da vida.

O caminho das drogas prejudicou sua continuidade na Globo?

Não. A loucura está espalhada dentro da Globo. Quantos do primeiro time não estão internados e passando por clínicas? Então, não foi por causa de drogas, né? Faz um ano, aliás, que o Roberto Talma (diretor) me chamou para voltar. Mas não vou, estou feliz no SBT.

A Record te tirou do pornô?

Sim! Voltando de Portugal, peguei o mesmo avião que Honorilton Gonçalves (braço direito de Edir Macedo). Ele tinha visto A Fazenda que eu participei em Portugal e conversamos do produto. Depois de um ano, ele me convidou para um café e eu implantei A Fazenda.

E como foi sua passagem pelo reality ‘A Fazenda’, de Portugal?

Virei A Fazenda de cabeça para baixo. Me apaixonei por uma modelo, transei com ela lá, mas a gente achou que não estava sendo filmado. Foi pesada a parada. Daí pintei o teto da sala, fiquei bêbado e pulei o muro da fazenda. Fui até a final.

E sua relação com o Edir Macedo? Você se evangelizou?

Nunca vi o senhor Edir Macedo. Eu nunca fui evangelizado! Eu fui convidado parar ir à igreja, fui a quatro cultos. Pra mim, te confesso, foram bons naquela época. Mas sou católico de formação, não praticante. A única religião que eu tenho é o Flamengo. Lá fui diretor de arquibancada, virei mito no Maracanã. Só abandonei a torcida, na época, porque fui jurado de morte. Minha mãe quase perdeu os cabelos! Mas depois veio o teatro, daí conheci Maurício Mattar, Felipe Camargo…

Nesse caminho ainda conheceu o Tim Maia, o Cazuza…

Nossa, verdade! O Tim me adorava. Já o Cazuza, conheci porque eu fazia a peça Capitães da Areia, no início dos anos 80. Ele tinha vários amigos que trabalhavam na peça. Uma delas era a Bebel Gilberto, que era muito minha amiga. Então, Bebel me apresentou o Cazuza e passei a conviver com ele. Assisti a muito ensaio do Barão Vermelho. Depois, conheci Caetano, que me apresentou Gil, que me apresentou Gal (Costa). Vivi intensamente!

Como?

Se juntar o João Gordo e o Lobão, eles não são tão loucos como eu era. Eu era garoto do subúrbio, acostumado a brigar e, de repente, fui para o teatro, onde as pessoas não ficam putas, ficam magoadas. Pô, deu atrito! Depois também ,soltei o pino da granada (risos).

E foi até pro pornô. Você sempre foi viciado em sexo?

Sim (risos). Chegou um momento da minha vida em que eu parei e fiquei pensando o que ia fazer. Daí pensei: ‘Vou fazer pornô, pelo menos, eu gosto de sexo, sei fazer bem.’ Levantei uma bandeira difícil de carregar. Perdi amigos, mas suporto tudo isso até hoje.

O que sua mãe achou?

Ela não fala disso comigo.

E nessa virada, no SBT, retomaria a ‘Casa dos Artistas’ ou tem bronca do formato?

Eu não tenho bronca de formato, tenho bronca é do Rodrigo Carelli (diretor de ‘A Fazenda’, na Record). E a Casa dos Artistas é uma coisa muito pessoal do Silvio Santos. Se ele pedir, eu levanto a casa. Sou um soldado do Silvio.

Por que tem bronca do Carelli?

Ele foi ímpar comigo, vacilou legal. Tirei ele do Multishow, onde ele ganhava R$ 9 mil, para vir para a Record ganhar R$ 50 mil. Botei um projeto incrível na mão dele e ele fez com que eu saísse da Record. Se isso fosse uns dez anos atrás, eu tinha arrancado a cabeça dele. Mas tudo bem, estou calmo, estou feliz no SBT.

E feliz no casamento?

Sim. Casar faz parte desse meu amadurecimento. Eu queria criar uma família. Pô, eu nunca olhei para trás. Daí, olhei e não sabia para onde ir. Tinha roupa minha espalhada por tudo que é lugar, tinha casa num lugar, apartamento no outro, ex-aqui, ex-lá. Pensei: “Caramba, bicho, daqui a pouco faço 50 anos e não tenho uma família”. Agora, estou feliz. Depois, para a  frente, eu e a Fabiana vamos ter uma filha, com certeza.

Não voltaria a ter mil mulheres e a usar milhares de drogas?

Não. Droga não tem mais espaço na minha vida. Pode colocar um quilo de cocaína na minha frente que eu vou soprar. E, agora, eu tenho uma mulher que vale por mil! Já tive época que eu tinha de pegar três mulheres por dia (risos).

E já transou com homem?

Não é a minha pegada. Se fosse, eu ia lá para Porto Rico e iria fazer um filme logo com o Ricky Martin, para sentar o couro, sacou?

E você sempre fala da Claudia Raia. Vocês ainda têm contato?

A gente tem, se fala. Com essa separação dela e o Edson (Celulari), a gente se afastou mais. Começou a rolar uma fofoquinha, que eu teria tido participação nessa coisa e daí me afastei. Mas minha relação com ela vai ficar para o resto da vida. Se não fôssemos tão jovens, talvez, estaríamos até hoje.

Você está perto dos 50 anos. É vaidoso? Curte plástica ou só as tatuagens?

Nunca vou pôr botox. Só as tatuagens, mesmo. E cada uma tem significado na minha vida. Essa aqui (aponta para o braço esquerdo), eu cobri, porque tinha o Cristo Redentor, sabe? Daí, comecei a olhar e achei que ele estava a cara do Bel, do Chiclete com Banana. Sou chicleteiro, gosto do Bel, mas pedi para um amigo meu cobrir. Ele tava tão bêbado que ficou um borrão.

Fonte: Ocanal.org, com informações do Jornal da Tarde

quinta-feira, 27 de Outubro de 2011

A descrição de "Identidade Frota" por James Akel


O OUTRO LADO DA MEIA NOITE DE ALEXANDRE FROTA


Muito diferente do que se possa imaginar à primeira idéia é o show de Alexandre Frota no Bar Cardoso no Itaim.

Eu não tinha a menor idéia do que encontraria lá.

E nem gosto de sair à noite.

Mas decidi aceitar o convite e ir ver o show.

Sob direção de Edson Watanabe Jaspion e produção executiva de Maysa Monjardim, o show deveria se chamar "O Outro Lado da Meia Noite de Alexandre Frota".

Uma produção bem cuidada e uma abertura bem elaborada em vídeo para embasar a infância e adolescência do menino que se afetou muito com a separação dos pais.

Esta a grande razão que faz Alexandre ter sempre seu olhar de menino assustado mesmo quando adulto.

Um menino que sempre questionou na sua cabeça a separação dos pais e depois cresceu com esta lacuna emocional.

Alexandre Frota conta sua vida desde criança ilustrada com vídeos de época e de algumas de suas realizações.

É um grande desabafo de Alexandre para sua platéia numa verdadeira terapia em grupo.

Dá vontade de dar risada sim e nos momentos mais patéticos, onde ele conta passagens que a gente não acredita que ele fosse contar.

Mágoas vão aparecendo ao público, sobre pessoas que na verdade o trairam e mesmo depois de tantos anos trabalhando no que não é o melhor dos mundos, mesmo com esta experiência Frota ainda se magoa com traições.

Ora traições, estas que nem são sexuais são as que mais magoam.

As traições daquelas pessoas nas quais a gente confiou.

Isto é pior que uma traição sexual.

E isto está gritante no fundo da alma de Frota em seu show.

Detalhes que eu pessoalmente mudaria, mas que no fundo não afetariam o show, seria reduzir um pouco o vídeo na abertura, um pouco longo talvez, e o excesso de luzes estrobo em momento nem necessários que tiram a concentração de quem está vendo o show.

Notável a se registrar a participação de Tuca Laranjeira e do stan-up man Enio Vivona, que dão uma pitada de humor de excelente qualidade.

O show que é o outro lado da meia noite de Frota mostra um Frota desconhecido do povo, um Frota sensível, humano, amigo dos amigos e que tem um futuro de trabalhos a desenvolver em sua nova casa que é o SBT.

Um verdadeiro desafio de criar novos projetos numa emissora que só mostra "criações"(?) de Silvio.

Vale o show e vale a mostra da verdadeira identidade de Alexandre Frota.


Escrito por James Akel às 00h36

Fonte: Alexandre Frota de Andrade

terça-feira, 25 de Outubro de 2011

Alexandre Frota estreou ontem o seu "identidade Frota" um espetáculo teatralizado de sua autoria




A estreia de "Identidade Frota" foi ontem em S.Paulo o ator passou a limpo a sua vida e falou de vários temas que passaram pelo porno com muitas criticas aos criticos e a personalidades públicas.

O show abre com um estudante exaltando a carreira de Frota como ícone das polêmicas, recapitulando sua fase profissional e vida pessoal. Ele admite que o ator tornou-se um ícone gay. Logo depois, entra uma paródia da “Voz do Brasil”, parodiando o ex-presidente Lula.

Na abertura, um telão mostra imagens de quem já criticou Frota, numa espécie de clipping com críticas feitas a ele, chamando-o de decadente. Ainda no vídeo, o ator diz que é amado por uns e odiado por outros, que viveu dez anos a mil, que conheceu o mundo e fez sexo com várias famosas e termina dizendo que deu a volta por cima.

“A minha vida é f... Uma vida casca grossa. Em 73, aos dez anos de idade, vi meu pai se separar da minha mãe. Aí, o bicho pegou.” Esta foi um trecho trecho de um dos vídeos introdutórios de show com jeito de terapia de choque. Por uma hora e meia, o ator relembrou sua vida, destacou aqueles que considera os seus maiores feitos artísticos, disparou contra colegas e contou casos polêmicos com nomes como a apresentadora Xuxa, o humorista Jô Soares e a ex-mulher Claudia Raia.

A atriz, aliás, é constantemente citada no espetáculo. Seu nome aparece já num dos vídeos iniciais – um telão os apresenta enquanto o ator não inicia a apresentação. “Traí e fui traído”, diz a voz grave do pit-boy de 48 anos. Outro vídeo, exibido antes desse e daquele em que Frota lamenta o divórcio dos pais, mostra atores como Eri Johnson e Bruno Mazzeo imitando sua conhecida figura de pit-bull. Nada ali é gratuito, nem mesmo uma das cenas que abrem o arquivo, em que dois gorilas surgem copulando após a menção, em off, à carreira pornográfica de Frota, que tem pelo menos cinco dos chamados filmes adultos no currículo.




Tudo remete à reciclagem do ator. Ele sabe que não pode ignorar sua produção pornô, mas brinca com ela e destaca outros trabalhos para mostrar que longas como "11 Mulheres e Nenhum Segredo" e "Obsessão" não passaram de uma fase.

“If you, if you could return / don’t let it burn, don’t let if fade.” É com os ternos versos iniciais de Linger, da banda irlandesa Cramberries, que o pit-boy sobe ao palco. Ainda passa no telão um dos vídeos introdutórios. Frota, no escuro e em silêncio, ri orgulhoso da própria narração, que relata como ele foi pegador na vida. “Passei cerol em um monte de famosa”, proclama.

A luz acende. O ator inicia a sua parte, com aquela que talvez seja a melhor piada do texto, escrito de próprio punho para um público que pagou 30 reais e lotou um bar da Vila Olímpia, em São Paulo. Um texto que poderia estar no programa de Tom Cavalcante, e que perde parte da graça nos trejeitos duros de Frota. “Fiz muitas novelas boas. Mas também fiz Marisol.”




 Alexandre Frota relembra seus anos de TV Globo e sua passagem pela "Casa dos Artistas", do SBT, com direito a mais vídeos no telão. As pancadas vêm logo depois. É a hora da terapia de choque, de expor a mágoa em seu estado bruto, para o espanto da plateia, muda quase todo o tempo. “Encontrei o Richarlyson quando fui fazer o meu segundo exame de próstata. Eu estava entrando, ele estava saindo. Sorrindo”, diz, citando o volante do Atlético Mineiro. “É f...”, completa, usando uma das frases mais repetidas na noite.
 
 
Saída da Globo


“Quando eu saí da Globo, estava envolvido com drogas. O que realmente aconteceu foi que numa sexta-feira eu tinha apenas uma cena. Minha irmã não tinha com quem deixar a sobrinha, Mariana. Eu a peguei e levei para a emissora, mas a segurança a barrou, não queria deixa-la entrar. Comecei a discutir, meti o pé na roleta e entrei. Os seguranças vieram todos em cima de mim. Veio o segurança do Roberto Marinho que disse que ia resolver. Daí encontrei toda a cúpula da Globo e falei que não ia gravar sem a Mariana. Esse foi o começo de uma briga”.


Ele também  fala de Adriano e de Ronaldo. O atacante do Corinthians teria dito que gente “como Frota” fica sem rumo ao se meter com drogas. “A não ser que seja jogador de futebol. Aí, é chamado de ‘imperador’”, atacou o ator. Já Ronaldo, que também o teria criticado, deveria lembrar que saiu com travestis antes de falar mal de Rafinha Bastos, que, numa piada de mau gosto, disse que “comeria” a cantora Wanessa Camargo e seu bebê. O público permanece atônito.

Frota ainda falaria de Joana Machado, a vencedora da última temporada do reality show A Fazenda, que, segundo ele, lhe deve 20% do prêmio de 2 milhões de reais. “Trabalhar na Record foi importante para mim, aprendi muito com o Edir Macedo. Não à toa vou ficar com 20% do prêmio da Joana, ela querendo ou não.” Sobre a questão, Frota diria mais tarde ter assinado um contrato com a personal trainer por ocasião de "A Fazenda 3". Joana não entrou naquela edição do programa, mas, como o acordo teria validade de 24 meses, até 2012, ainda estaria de pé.





 A 2ª  metade do espetáculo, quase meia-hora mais comprido para a estreia, é um pouco mais suave. Frota chama ao palco uma pessoa da plateia para improvisar uma dança. E recebe colegas de humor como Candé Brandão, da Oficina dos Menestreis, com quem faz uma esquete sobre aula de balé, e Tuca Graça, com quem reproduz o quadro da dupla gay Batman e Robin, feito por ambos no programa A Praça É Nossa. Mas quem rouba a cena mesmo é Ênio Vivona, também do humorístico do SBT, com um curto stand-up que enfim faz rir.

Antes do fim, auxiliado pelas perguntas de um jornalista convidado, Frota ainda volta a falar de Claudia Raia. Conta que a tirou de Jô Soares, mas que jogou o casamento fora porque não estava “blindado pelo sistema para lidar com o sucesso”. E depois, fazendo uma das histórias de seu cardápio (que para a estreia, contudo, não ficou pronto), conta a história de Xuxa. Diz que a viu pelada, tomando banho, quando era um modelo em início de carreira. A apresentadora não teria se inibido ao vê-lo no banheiro, observando-a. “Ela estava super descolada.”

Antes de encerrar a noite com a récita de uma música de Oswaldo Montenegro, Frota confirma o que àquela altura já se sabe: que aquele é seu momento terapêutico. “Quero, nesse espetáculo, ir passando minha vida a limpo. Sei que já fui muito criticado por algumas decisões, mas eu sou assim”, diz, em tom de despedida. “E eu anoto tudo o que dizem e agora vou colocar para fora, que é uma maneira de ficar um pouco mais leve.”


Vem aí um livro:


Alexandre Frota planeja ainda lançar um livro sobre sua vida entre "o luxo e o lixo", informou a coluna 'Entre a Gente" do "Jornal da Tarde" desta 2ª feira (24).

De acordo com a publicação, o ator quer relembrar os tempos de galã da TV Globo, as amizades com personalidades como Cazuza e Tim Maia, sua passagem pelo mundo das drogas e do cinema pornô.


Fonte: Veja.abril.com,  Quem, Wordpress


segunda-feira, 24 de Outubro de 2011

Alexandre Frota dá entrevista ao site "Folha" e fala sobre a estreia de "Identidade Frota"


Alexandre Frota, 48 anos, deu entrevista  à "Folha.UOL" e falou das histórias que levará ao palco em um bar em São Paulo, a partir de hoje.

O show, "Identidade Frota", com temporada até o final do ano, terá sempre um jornalista convidado para fazer perguntas ao ator, além de permitir intervenções do público. Mas nada mais é do que Frota falando de sua vida. E, se tem alguém com muita história, ele é o cara.

 Grisalho, barriga entrando na fase ex-tanquinho (ele levanta a camiseta para mostrar o que considera uma gordura de sobra, apertando a pele do abdômen cheia de tatuagem), Frota garante que decidiu agora "tirar o pé do acelerador e pendurar as chuteiras".

Recém-casado em uma cerimônia evangélica, afirma não usar mais drogas e quer dar um tempo nas baladas. Mas isso não significa que deixou de lado as polêmicas.

No espetáculo, tem um "cardápio de temas", com esse nome mesmo, no qual promete contar "babados" sobre Boni, Daniel Filho, Jô Soares e Claudia Raia, entre outros.


Alexandre Frota tem uma definição perfeita para sua vida: "é uma montanha-russa".

Nos anos 80, foi galã da Globo; na década passada, o principal ator pornô do país.

Apresentou o Rock'n Rio 2 e cheirou cocaína com astros da música e da TV. Abandonou a "Casa dos Artistas" e voltou sob apelo de Silvio Santos. Garoto, foi chefe da torcida organizada do Flamengo, proibido de entrar no estádio pela polícia, e, recentemente, jogador de futebol americano do Corinthians.

Confira o video


IDENTIDADE FROTA


QUANDO de hoje a quinta, ingressos esgotados, e a partir de 3/11

ONDE Bar Cardozo (r. Ministro Jesuíno Cardoso, 27, Itaim, SP, tel. 0/xx/11/2362-3334), às 21h30

QUANTO R$ 30

CLASSIFICAÇÃO 18 anos

Fonte: Folha.uol.

domingo, 23 de Outubro de 2011

Alexandre Frota protagonista de um filme sobre violência urbana


Alexandre Frota filmou na manhã hoje domingo (23) cenas de um curta-metragem de ação e violência urbana que está sendo filmada há um mês. A filmagem de hoje foi  na Ponte do Tatuapé e na Marginal Tietê, em São Paulo.


 
O atual diretor da rede SBT  que interpreta o protagonista neste filme fez sequências segurando uma arma de fogo, com cara de mau,  o título provisório do filme é "Capital do Medo".

Fonte: EGO e Ofuxico

quinta-feira, 20 de Outubro de 2011

Alexandre Frota participa do humoristico "Fritada" de Diogo Portugal em São Paulo


Alexandre Frota esteve no programa de  humoristas no espetáculo "Fritada", de Diogo Portugal, na noite de 3ª feira (18), no Teatro das Artes em São Paulo.

Enquanto estava no ar no programa gravado de Hebe Camargo, na RedeTV!, Frota respondeu as perguntas ácidas sobre sua vida, feitas por Diogo e seus convidados Patrick Maia, Fábio Rabin, Robson Nunes, Criss Paiva, Murilo Couto e Marcela Leal.

Alexandre Frota ainda recebeu de presente um troféu em forma de frigideira.

O "Fritada" é um projeto de Diogo Portugal inspirado nos espetáculos roasts americanos. Ele acontece esporadicamente. Entre os famosos que já participaram do show estão Rogéria e a VJ da MTV PC Siqueira.






Fonte: Ofuxico

terça-feira, 18 de Outubro de 2011

Alexandre Frota entrevistado no programa da Hebe da Rede TV!



Alexandre Frota estará esta noite no programa da Hebe, às 22h15, na RedeTV!. Entrevistado por Mônica Veloso, Martha Mellinger, Gilmelândia e Mirella Santos no quadro ‘Roda de Mulheres’, o ator e diretor de projetos especiais do SBT fala de vários assuntos polêmicos já muito conhecidos.


Recém-casado com a dançarina Fabiana Rodrigues, ele afirma que gosta de cuidar da mulher amada. Sobre fidelidade, o ator admite que já traiu e foi traído. “Isso é uma coisa que está dentro do homem. Acho que a mulher consegue ser mais fiel do que o homem”, diz.

domingo, 16 de Outubro de 2011

Alexandre Frota foi jurado da 5ª edição do Sumirê Fashion Show




Alexandre Frota foi um dos jurados da quinta edição do Sumirê Fashion Show, que aconteceu na tarde deste domingo (16), em uma casa de eventos, na Mooca, em São Paulo. O ator, que se casou nesse sábado, 15, com a modelo Fabiana Rodrigues, nem teve tempo de curtir a lua de mel e já voltou ao batente.

Fabiana já tinha dito que não teriam tempo para viajar agora. "Vamos casar, trabalhar e mais tarde viajar", disse em recente entrevista ao EGO.

Fonte: EGO

Alexandre Frota casou com Fabiana Rodrigues




Alexandre Frota e Fabiana Rodrigues casaram este sábado (15) com celebração religiosa e civil em S.Paulo, apesar de terem anunciado o casamento para dia 20 a cerimônia aconteceu 5 dias antes.

A cerimônia civil aconteceu no 24º cartório, no bairro de Moema. O casal chegou ao local por volta das 11h e se uniu perante familiares e amigos. Fabiana escolheu um vestido longo, colorido e decotado para a ocasião.

Logo depois, o look foi substituído por um modelito branco  usado na cerimômina religiosa evangélica, comandada pelo pastor Mauro Silva, na casa de Frota.

Visivelmente emocionado, o ator chegou a chorar no altar. . Enzo, enteado de Frota, de 4 anos, não desgrudou do padrasto nem durante o discurso da juíza. Após a cerimônia, os dois posaram, sorridentes, com o resgistro civil na mão.










Alexandre e Fabiana estão juntos há um ano, desde que se conheceram no aniversário do Frota, em 2010. "Pelas contas do Alê, esse é o terceiro casamento de verdade. Teve a Cláudia (Raia) e mais uma que não sei o nome", enumerou Fabiana, que está em seu segundo casamento.

A morena contou ainda que o casal não terá tempo de viajar em lua-de-mel devido a agenda de trabalho. Alexandre estreia a peça "Identidade Frota" no dia 14 de outubro. "Vamos casar, trabalhar e mais tarde viajar", disse Fabiana.
Agora, Frota, Fabiana e Enzo vão morar juntos na Granja Viana. "É uma casa legal, num condomínio legal, com três quartos. Eu amei!"







Segundo Fabiana, Frota teria manifestado o desejo de adotar Enzo. Eles até procuraram os meios legais para isto, mas ainda não encontraram: "O Alê já falou em adotar o Enzo, mas como o pai dele é presente, ele não pode. Antigamente podia adotar como protetor, meu padrasto fez isso comigo, mas hoje não pode mais. Mas para o Alê, ele é pai dele, não precisa de documento."







Fonte: EGO

sexta-feira, 14 de Outubro de 2011

Alexandre Frota completa hoje 48 anos e em entrevista afirma "Hoje vou pela razão e não pela emoção"



No dia em que completa 48 anos de idade Alexandre Frota dá entrevista exclusiva ao site "Virgula Famosos" para falar da sua vida e carreira, aqui nos nosso blog aproveitamos o dia de comemoração para desejar muitas felicidades ao ator e diretor,  muita saúde e realizações pessoais e profissionais por muitos e longos anos.

Virgula: Como será o Identidade Frota? Quando vai estrear?

Não será um monólogo, mas sim um espetáculo de humor teatralizado. Também não será stand up, mas será algo contagiante. Vamos estrear no dia 24 de outubro no Cardozo Bar, no Itaim Bibi. A censura é de 18 anos.

Recentemente você afirmou que iria se casar em outubro. Onde e quando será a cerimônia? Como será a festa?

Vamos casar no civil e depois vamos para a minha casa na Granja Viana. Lá vamos fazer um churrascão, com cerveja, chopp, DJ, pagode, e tudo que eu e meus amigos temos direito. Deus e Nossa Senhora de Fátima têm sido firmeza comigo. Será uma festa despretensiosa.

Como é o seu relacionamento com o Enzo, seu enteado? Pensa em ter mais filhos?

O Enzo é como um filho meu. Eu o amo de paixão e tenho loucura por ele. Gostaria de ter uma menina, que se chamaria La Luna.

Foi publicado recentemente na mídia que você comprou uma "BMW X5 blindada" e "joias" para a sua mulher. Hoje você está numa situação financeira confortável?

Comprei a BMW porque vendi meus dois carros. Blindado sim, pois preciso manter a segurança da Fabiana e do Enzo nessa cidade louca. Não foram joias, mas sim alianças de casamento. Paguei somente 50% do valor, já que a Vivara me presenteou com o restante. Assim ficou bem melhor (risos). Hoje eu não posso parar de trabalhar, já que tem muita gente que depende de mim, por isso trabalho muito.

O que ainda o motiva a atuar na televisão e fora dela?

Dentro da televisão só quando existe algo que me agrade muito. Fora da TV, seria meu núcleo de coordenação de projetos especiais aqui no SBT. Já estamos trabalhando duro e com critérios para 2012.

Quais são seus planos pessoais e profissionais para o próximo ano?

Trabalhar muito aqui no SBT e ajudar a emissora a reconquistar o segundo lugar definitivamente. Já estamos incomodando muito. A emissora tem gente competente e boa, que gosta do que faz. Isso é importante.

Você já foi taxado de mocinho, bad boy e ator de filme pornô. Qual a verdadeira identidade de Alexandre Frota?
Eu sou o Alexandre Frota de Andrade, os títulos e rótulos não me importam mais. Estou maduro e seguro do que quero.

Como é interpretar o Robin "gay" na A Praça É Nossa? Como você desenvolve esse lado humorista no programa? Qual a reação do público em geral? E do público homossexual?

Está sendo muito bom. O Carlos Alberto de Nóbrega é muito especial para mim e o programa também. Sempre fiz coisas ligadas ao humor, as novelas da Globo eu fazia mais as das sete horas, que tinha mais humor e ação. Fiz muita coisa boa no teatro também, mas as pessoas fazem questão de achar que eu nasci no pornô, como forma de me punir, entende? A reação do público é ótima. Eles são generosos e carinhosos comigo. Os gays me amam.

Sofreu mais preconceito por fazer filme pornô hétero ou por fazer ensaio sensual beijando um homem na G Magazine?

As duas coisas são difíceis de carregar, mas é o meu passado e o aceito e convivo com isso. Sei administrar.

Aos 48 anos, você já viveu muitos "perrengues" em sua vida. Qual foi o maior deles?

Vivi muitos mesmo. O maior deles foi perder o meu pai.

Com o passar dos anos, você se tornou um cara vaidoso ou nunca ligou pra isso?

Nunca liguei.

Se pudesse mudar uma única coisa em você, qual seria ela?

Já estou mudado. Hoje vou pela razão e não pela emoção. Estou calmo e tranquilo.

Como se sente em completar 48 anos?

Foram 48 anos de guerra.

Fonte: virgula.iol.



sábado, 8 de Outubro de 2011

Alexandre Frota estreia "Identidade Frota" e prepara um livro sobre a sua vida




O  espetáculo que Alexandre Frota se prepara para estrear já no dia 24 deste mês de outubro "Identidade Frota" terá apenas a duração de três dias e só poderá ser visto por maiores de 18 anos.

O espetáculo tem duração de pouco mais de uma hora, período no qual o ator vai passar sua vida a limpo no palco.

O público vai poder escolher em um "cardápio" qual a história quer ouvir.

Um jornalista convidado também vai poder perguntar cinco coisas para o ator.

Frota promete falar de tudo, "sem censura e sem cortes", ainda estamos por saber o que vão achar os visados nestas histórias que ele irá contar!

Mas ele não fica por aqui, a sua conturbada vida também vai ser escrita em  livro. O empresário e diretor deve se encontrar nos próximos dias com o diretor e roteirista André Barcinski para acertar os últimos detalhes da biografia "Minha Vida na Selva".

Além do livro, a trajetória de Frota deve virar filme. Ele inclusive já pensou em um nome para interpretá-lo nas telinhas do cinema: o amigo e ator Thiago Martins.“Adoro o Thiago. Acho ele uma fera e gostaria muito que ele fizesse o filme baseado em fatos reais, polêmica, ousadia, sexo, drogas, mulheres e da riqueza ao submundo, que farão parte do roteiro”, explicou.





Alexandre Frota vai exigir 20% do que Joana Machado ganhar em "A Fazenda 4"

Ao que tudo indica  Alexandre Frota, em entrevista ao jornalista Léo Dias, contou que tem direito a 20% do que Joana receber no reality da TV Record.

Segundo ele, a loira esqueceu que assinou um contrato no qual diz que Frota levará a 5ª  parte de tudo que ela ganhar do programa. Isto quer dizer que se Joana vencer “A Fazenda 4” e conseguir o premio de R$ 2 milhões, Frota terá direito a R$ 400 mil.

Isso se deve, segundo o “Meia Hora”, a um acordo no qual Frota se comprometeu com Joana a apresentá-la para os diretores da emissora de Edir Macedo, a colocando no time de participantes do reality rural.

Relembrando que este é um grande mês para Alexandre Frota, ele comemora 48 anos dia 14,  casa dia 20, estreia o seu espetáculo dia 24.

Fonte: F5 folha uol.com, Vipnews.com e ocanal.org




Pronto, falei! entrevista Alexandre Frota from Yahoo! Brasil on Vimeo.

quinta-feira, 6 de Outubro de 2011

Alexandre Frota não vai participar na novela "Carrossel" mas "Identidade Frota" será para breve




Alexandre Frota  já veio desmentir  uma nota que saiu na coluna de Flávio Ricco, do UOL sobre a sua participação da novela "Carrossel" . O ator disse ao blog do jornalista Leo Dias, do Yahoo, que desconhece o boato de que ele faria a próxima novela do SBT, o remake  que estreia ano que vem.
 
"Nunca fui convidado. Fiquei tão surpreso quanto as pessoas que leram. Isso não passa de fofoca. Espero que o produto aconteça que seja um sucesso, mas eu eu não conversei com ninguém sobre esse tema, até porque trabalho direto para o Fernando Pelégio e ele nunca me falou nada sobre o assunto. Estou trabalhando demais para outros produtores do SBT. Não haveria tempo para novela. É impressionante como as pessoas fantasiam a meu respeito."

Verdade sim é o monólogo "Identidade Frota" que estreia já no próximo dia 24 de outubro, com cerca de 1h30 de duração, o primeiro espetáculo  será no Bar Cardozo (zona oeste de São Paulo), e traz para o público uma mistura de humor, ousadia, interatividade e fatos reais, ele se prepara para revelar história polêmicas de diversos famosos, sem medo de chocar.

"O país se diz liberal, mas é superpreconceituoso. O mundo está 'viadinho' demais. Qualquer coisa as pessoas ficam magoadas e se aproveitam de situações para criar oportunidades e se dar bem", afirmou Frota, em entrevista publicada pelo jornal Folha de São Paulo.

"Esse é o Brasil dos escândalos que acabam em pizza, do Ricardo Teixeira, mensalão. Todo mundo mata e paga fiança ou some. Os acidentes estão aí e os culpados impunes na maioria dos casos", complementa o ator.

 "O público poderá escolher histórias que quer ouvir de minha boca. Não haverá ensaio. Apenas um roteiro a seguir".

Frota é muito criticado por sua postura e sente o preconceito de diversos segmentos. "Só porque fiz pornô. E daí?! Também fiz Globo, mas ninguém quer lembrar dos meus 12 anos na emissora, com inúmeras novelas, especiais e minisséries", desabafa na mesma entrevista.

Fonte: D24am

terça-feira, 4 de Outubro de 2011

Alexandre Frota prepara especial "Batman e Robin" para o final de ano do SBT



Alexandre Frota ofereceu o Projeto "Batman e Robin" para um  especial de fim de ano, a ideia foi apresentada  Daniela Beyruti e recebeu parecer favorável, mas a sua realização passa a depender da aprovação do orçamento, isto porque é um programa inteiro com o "Batman e Robin", personagens de “A Praça é Nossa”.

Alexandre Frota está mesmo numa boa fase de trabalho no SBT (apesar de se encontrar também numa ótima fase na sua vida particular pertinho do casamento com Fabiana Rodrigues),  o núcleo de criação de Alexandre Frota no SBT está à frente de três projetos para 2012: o reality "Vivendo com o Inimigo", o Carnaval SBT Folia e os shows do Verão Jequitimar.


Fonte: f5.folha.uol. e audiência e tv

domingo, 2 de Outubro de 2011

Alexandre Frota em biografia pelo SBT e "Batman e Robin de 29/09/2011




Sucesso como o Robin em "A Praça É Nossa", Alexandre Frota mostra na comédia um lado bem diferente daquele "bad boy" que muitos pensam que o ator e diretor é. Em um bate-bola exclusivo para o site do SBT, você terá a oportunidade de conhecer mais sobre este carioca de 47 anos.

Nome completo: Alexandre Frota de Andrade

Data de nascimento: 14/10/1963

Signo: Libra

Time de futebol: Flamengo

Não saio de casa sem: ser para trabalhar

Se eu fosse um super herói, seria: Eu já sou o Robin

Música: Easy versão Faith no More

Cantor: Neguinho da Beija Flor

Cantora: Gal Costa

Ator: Selton Mello

Atriz: Lilia Cabral, a melhor atriz de todos os tempos imbatível.

Inteira, coesa, honesta... Um espetáculo de atriz, completa!

Filme: Chamas da Vingança com Denzel Washington

Livro: Novos Monstros de Newton Cannito

Prato favorito: arroz, feijão, bife e batata frita

Esporte favorito: Futebol americano

Exemplo de homem: Jose Bonifácio de Oliveira o Boni

Exemplo de mulher: Claudia Raia

Família para mim é: hoje é tudo

Nestes últimos anos o que eu mais aprendi foi: muitas coisas
o com o pequeno Enzo

Nestes últimos anos o que eu mais ensinei foi: a lutar

Quero aprender: a ficar mais calmo

Quero ensinar: para as pessoas que nunca é tarde para recomeçar


Viagem Inesquecível: Lisboa, Portugal

Saudade: do meu pai

Na infância eu gostava de: brigar na rua

Fui um adolescente: problemático

Há 10 anos, imaginava que hoje estaria: aqui na TV

Daqui a 10 anos, imagino que estarei: aqui na TV

Um sonho: já estou realizando ao trabalhar aqui de novo com o Silvio Santos
Uma frase: Amado por muitos, odiado por outros, mas respeitado por todos.

Fonte: SBT Por Adolfo Nomelini
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...